Institucional
Notícias

Empresa de alimentos é exemplo de como CRQs buscam garantir qualidade e segurança a consumidores

De olho nas tendências, o mercado de novos produtos alimentícios vem se desenvolvendo com criatividade e não para de crescer. E o Sistema CFQ/CRQs, principalmente por meio dos Conselhos Regionais de Química, tem um papel importante na orientação das empresas que atuam nessa área.

Um bom exemplo disso é a empresa de paçocas feitas de amendoim do empreendedor Tao Luan Leme Scatrut. Localizada em Bombinhas (SC), a “Pasoka do Tao” tem diversos sabores e vem conquistando o mercado consumidor regional.

Tao começou a produzir paçocas inspirado por sua avó, que costumava fazer o doce para ele na infância. Fã dessa iguaria brasileira de origem indígena, ele decidiu inovar a tradicional receita e criou novos sabores. Para testar a aceitabilidade de suas invenções, levou os doces como prenda em uma festa junina. O sucesso do “teste sensorial” foi tamanho, que seus amigos o incentivaram a investir em um negócio próprio. E assim nasceu a “Pasoka do Tao”.

O processo produtivo das paçocas, assim como de diversos alimentos, envolve operações unitárias e reações químicas que, por exigência legal, devem contar com a responsabilidade técnica de Profissionais da Química. Assim, a “Pasoka do Tao” conta com a Engenheira de Alimentos Andréa Caravaggio que, além de acompanhar toda a produção, participa ativamente da escolha das matérias-primas (ingredientes), das formulações e do controle de qualidade, como responsável técnica. Tudo isso a fim de garantir a qualidade e a segurança dos produtos da empresa.

Hoje a empresa possui diversos sabores de paçocas, criando e recriando a tradicional receita da paçoca da avó do Tao, e também tem opções para públicos mais específicos como paçocas veganas, zero açúcar e ricas em proteína.

Andréa disse que o apoio recebido do Conselho Regional de Química de Santa Catarina (13° Região) foi fundamental para o sucesso da empresa. Segundo Andréa, por não atuar somente como órgão fiscalizador, o CRQ sempre deu toda orientação necessária sobre o exercício legal da profissão e da atividade, tanto para ela, quanto para a empresa. “Isso é importante para o consumidor final, pois dá credibilidade à empresa em relação à qualidade e segurança de seus serviços e produtos”, completou.

Os conhecimentos químicos de Andréa são amplamente utilizados na “Pasoka do Tao”. Ela acompanha de perto a mistura dos óleos essenciais e dos demais ingredientes com o amendoim, para que o produto final apresente a textura, a consistência e o sabor adequados. Ela também controla o tempo e a temperatura dos processos produtivos e do armazenamento e participa da definição do prazo de validade e das análises laboratoriais que são realizadas. Destaca-se que o setor de alimentos é uma das principais áreas de atuação dos Profissionais da Química.

Andréa recomenda que todos os Profissionais da Química sempre busquem o apoio do CRQ. “É um suporte que vale muito e eu não seria a profissional que sou sem o apoio que recebi do CRQ ao longo dos anos”.

Conselho Regional de Química 2ª Região

Minas Gerais

 Rua São Paulo, 409 - 16º Andar - Centro, Belo Horizonte - MG - 30170-902

 (31) 3279-9800 / (31) 3279-9801